Procurar
Close this search box.

O papel da inteligência artificial na avaliação vestibular

Na sequência do artigo anterior “The Pupillary (Hippus) Nystagmus”, onde se evocava a terminologia hipocátrica e galénica, o artigo “Historical descriptions of nystagmus and abnormal involuntary eye movements in various ancient cultures” viaja pelas mais antigas descrições compatíveis com movimentos oculares involuntários; examinando textos médicos antigos que possam ser compatíveis com nistagmo, faz um percurso temporal, desde segundo milénio AC até ao século nono DC, e territorial desde a Mesopotâmia, Egito, Índia, Grécia, Roma e China e Médio Oriente, O termo Hippos remonta a Hippocrates, mais tarde citado por Galeno, e representava um estado em que os olhos estavam em constante desassossego.

A consulta de textos médicos originais e traduções especializadas, sugerem que o reconhecimento e a descrição de movimentos oculares involuntários foram generalizados nas várias culturas antigas, indicando uma consciência efectiva deste sintoma neurológico. No entanto, clama-se prudência ao tentar o paralelismo das descrições antigas com as entidades patológicas contemporâneas, à luz do conhecimento clínico-científico actual.Gerb J, Brandt T, Huppert D. Historical descriptions of nystagmus and abnormal involuntary eye movements in various ancient cultures. Sci Prog. 2023 Jul-Sep;106(3):368504231191986. doi: 10.1177/00368504231191986. PMID: 37642983; PMCID: PMC10469245.

Num outro extremo espectral, o Estado da Arte encaminha-se para a incorporação da inteligência artificial nos processos de decisão e diagnóstico médico. Este artigo “A nystagmus extraction system using artificial intelligence for video-nystagmography” discute o desenvolvimento de um dispositivo para melhorar/automatizar o diagnóstico da VPPB através de uma rede neural convolucional que se aplica ao processamento e análise de imagens digitais para extracção de nistagmos e seus padrões, a partir da videonistagmografia e da detecção pupilar (eye-tracking).

O referido dispositivo associa um algoritmo de detecção de deslizamento com o potencial para retirar artefactos de movimento dos óculos. Pese a relatada necessidade de mais pesquisas e validação com dados externos, e o facto do conjunto de dados gerados e analisados durante o estudo não estarem disponíveis publicamente devido a questões de protecção de dados, este será apenas um exemplo do futuro da Medicina e em concreto da otoneurologia. Lee Y, Lee S, Han J, Seo YJ, Yang S. A nystagmus extraction system using artificial intelligence for video-nystagmography. Sci Rep. 2023 Jul 24;13(1):11975. doi: 10.1038/s41598-023-39104-7. Erratum in: Sci Rep. 2023 Sep 5;13(1):14616. PMID: 37488184; PMCID: PMC10366077.

Mantenham-se atentos, mais novidades no congresso da APO! Na linha da frente do Estado da Arte!

Texto da autoria de  Ana Margarida Simões

Partilhe nas redes sociais

Outras notícias